Azul encomendou mais três A330neo, perfazendo um total de 12

por: António Manuel Teixeira

A companhia aérea brasileira opera 12 aparelhos da família A330, incluindo cinco A330neo, passando a oito quando as aeronaves encomendadas forem entregues à transportadora brasileira.

A Azul realizou uma encomenda de três arenoves A330neo, aviões que, segundo a companhia aérea, vão permitir “expandir ainda mais” a rede internacional da transportadora aérea e “complementar as suas operações”.

O CEO da empresa disse: “Estamos muito satisfeitos por ter garantido mais três aeronaves de fuselagem larga da próxima geração da Airbus, o que garante a transformação completa da nossa frota da velha geração para a nova geração. Estamos focados em manter a nossa frota de fuselagem larga estável enquanto, ao mesmo tempo, usufruímos da economia de combustível dessas aeronaves”.

Importante realçar que os A330neo oferecem custos operacionais mais baixos e um menor impacto ambiental, uma vez que combinam a tecnologia aprimorada do A350 com motores Rolls-Royce Trent 7000 altamente eficientes.

O modelo distingue-se também pela cabine, que conta com uma área de boas-vindas redesenhada, iluminação ambiente aprimorada, compartimentos suspensos maiores e modernos e novos projectos de janelas e lavatórios. 

A transportadora opera para mais de 150 destinos no Brasil, assim como para os EUA, Europa (incluindo voos desde São Paulo para Lisboa) e América do Sul, tendo recebido o seu primeiro avião A330neo em 2019, recordou o Publituris.

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade