A companhia aérea, italiana, ITA Airways cresce no Brasil

por: António Manuel Teixeira
A companhia aérea, italiana, ITA Airways cresce no Brasil
Clement Alloing

O Airbus A330neo do voo inaugural AZ673 entre Rio de Janeiro e Roma partiu do Aeroporto do Galeão, entre um corte de fita de inauguração ao ritmo de samba e um baptismo com duplo jato d'água na pista.

Um desafio no qual a tecnologia, a inovação, a eficiência e o design representam a expressão máxima do Made in Italy.

A nova rota diária ainda se junta às duas frequências de São Paulo-Roma. Uma iniciativa de "grande valor", como sublinhou o embaixador italiano no Brasil, Alessandro Cortese, à ANSA "não só em termos de tráfego de passageiros, turismo e cultura, mas porque evidencia uma clara aproximação entre os dois países".

Uma novidade que também poderá dar impulso ao turismo de raízes, uma vez que residem 32 milhões de ítalo-descendentes no país sul-americano. O compromisso da directora comercial da ITA Airways e CEO da Volare, Emiliana Limosani, entende estar tudo pronto a "desenvolver sinergias" com o Ministério do Turismo da Itália e com a Enit, agência de promoção turística do governo italiano.

Além disso, o Brasil e a América do Sul são centrais na estratégia de expansão da ITA Airways, que vê 2024 com novas ambições. Segundo Pierfrancesco Carino, vice-presidente de vendas internacionais da empresa, "os 56 voos semanais que ligam Roma a importantes destinos da América do Sul representam um sinal de crescimento e forte investimento na região", onde a ITA, além de São Paulo e Rio, também voa para Buenos Aires.

E a companhia continuará investindo em ligações de longa distância para atrair segmentos de passageiros de origem italiana ou com forte interesse em Itália, propondo-se também - devido às parcerias como com as companhias aéreas Latam, Gol, Azul e Aerolíneas Argentinas - como vector para ligar viajantes em toda a América Latina.

"Como empresa, nascemos há apenas dois anos, mas foi um período de expansão significativa", explicou Limosani, destacando um forte aumento de destinos, que hoje totalizam 52: 17 na Itália, 23 na Europa e no Mediterrâneo e 12 intercontinentais.

"Começamos com 52 aeronaves em Outubro de 2021 e até ao final de 2023 teremos 85", acrescentou a executiva, indicando que 40% da frota foi renovada e que o objetivo é atingir 80% até 2027.

Por sua vez, o secretário estadual de Turismo do Rio, Gustavo Tutuca, disse que a chegada da transportadora italiana marca o processo de "revitalização" do Galeão. "Celebramos mais um destino internacional para demonstrar mais esse passo do trabalho de recuperação do Rio de Janeiro", ressaltou.

A ligação entre os dois destinos também renova um vínculo histórico entre duas das cidades mais emblemáticas do mundo. Um fio condutor destacado pela exposição da ITA em colaboração com a ANSA, "O Mapa das Conexões". A mostra explora as interações entre as duas metrópoles, revelando como elas - embora geograficamente distantes - sempre tiveram pontos em comum e se influenciaram mutuamente.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade