Grupo Royal Caribbean transforma os resíduos em energia a bordo, reduzindo o desperdício alimentar

por: António Manuel Teixeira
Grupo Royal Caribbean transforma os resíduos em energia a bordo, reduzindo o desperdício alimentar
Royal Caribbean

Os navios mais novos do Grupo royal Caribbean irão converterão resíduos em energia, este passo faz parte da expansão do programa Green Hubs que irá usa a tecnologia para reduzir o desperdício de alimentos.

O Grupo Royal Caribbean continua a sua missão de melhorar as suas práticas de gestão de resíduos, introduzindo a próxima geração tecnológica em alto mar.

Estas ferramentas incluem: sistemas de conversão de resíduos em energia, aplicações de desperdício de alimentos e uma rede expandida de centros verdes. 

Com estreia este ano, os dois navios mais recentes do Grupo, irão usar os primeiros sistemas da indústria de cruzeiros a transformar resíduos sólidos directamente em energia a bordo.

O presidente e CEO do Grupo  Royal Caribbean: "Estou orgulhoso do esforço do Grupo Royal Caribbean no projecto SEA the Future e ser melhor amanhã do que somos hoje". Jason Liberty acrescentou: "Ser pioneiro do primeiro sistema de resíduos para gerar energia num navio de cruzeiro reforça o nosso compromisso de remover os resíduos dos aterros locais e proporcionar experiências de férias com responsabilidade".

Resíduos Sólidos para Energia no Mar

No comunicado refere: "No Icon of the Seas da Royal Caribbean International e Silver Nova da Silversea Cruises respectivamente, irão usar resíduos a bordo e fazer a conversão em gás de síntese (syngas) que o navio pode usar directamente como energia". Assim como as instalações terrestres de "conversão de resíduos em energia, o resultado é o reaproveitamento de resíduos de maneira eficiente e sustentável".

 

Reduzindo o Desperdício de Alimentos

O Grupo está a fazer gestão de resíduos do início ao fim, tendo em conta "o plano de reduzir o desperdício de alimentos em toda a sua frota em 50% até 2025".

Para isso, a empresa de cruzeiros está a implementar iniciativas nas suas marcas, incluindo:

  • Desenvolver uma plataforma proprietária monitorado o abastecimento de alimentos e estimar com precisão a quantidade de alimentos que deve ser produzida, preparada e encomendada num determinado dia.
  • Uso de inteligência artificial (IA) para ajustar a produção de alimentos em tempo real.
  • Introduzir uma função dedicada ao desperdício de alimentos a bordo monitorado e formar os seus membros da tripulação.
  • Acompanhar a procura dos hóspedes por opções do menu específicos e ajustar a preparação do menu e dos pedidos de acordo.
  • Introduzir uma campanha de consciencialização sobre o desperdício de alimentos nos refeitórios da tripulação em toda a sua frota.

Em nota de imprensa afirma que "até o momento alcançaram uma redução de 24% no desperdício de alimentos (...)  que previne e aborda muitas das principais causas do desperdício de alimentos, incluindo gestão de stock e preparação excessivos".

 

Expansão de Centros Verdes

Desde a primeira iniciativa ambiental da empresa, o programa Save the Waves, destinada "a garantir que nenhum resíduo sólido vá para o mar", o Operador tem trabalhado "diligentemente para aumentar a responsabilidade e fortalecer as práticas responsáveis". Nesse sentido criaram o Green Hubs, um programa de capacitação para identificar fornecedores de resíduos em destinos estratégicos que "ajudou a desviar 92% dos seus resíduos dos aterros sanitários". Desde o seu início em 2014, o programa "cresceu para 33 portos em todo o mundo".

Agora com o Green Hub estão as Ilhas Galápagos, onde a Silversea se tornou a primeira operadora a obter certificação em gestão ambiental, desviando todos os resíduos do aterro. Iniciativas como essa permitem que o Grupo Royal Caribbean  continue a proteger o delicado ecossistema de Galápagos para as futuras gerações .

 

Defendendo o Meio Ambiente

Com um caminho de sustentabilidade que começou há mais de 30 anos, o Grupo permanece firme no seu "compromisso de inovar e avançar com as soluções necessárias". A incorporação de sistemas de conversão de resíduos em energia é uma "extensão do compromisso da empresa de ir além do esperado e o projecto  SEA the Future para sustentar o planeta, dar energia às comunidades onde opera e acelerar a inovação".

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade