As 10 melhores capitais europeias para escapadelas de fim de semana em 2024

por: António Manuel Teixeira
As 10 melhores capitais europeias para escapadelas de fim de semana em 2024
Will Oliver

Um estudo recente identificou Londres, Praga e Sófia como as principais capitais europeias para viagens de fim de semana em 2024.

Londres foi também reconhecida como tendo a vida nocturna mais bem cotada. Além disso, Skopje, na Macedónia do Norte, Tirana, na Albânia, e Sófia, na Bulgária, estão entre as dez principais capitais europeias para escapadelas citadinas, oferecendo as opções de alojamento mais acessíveis.

Os peritos em viagens analisaram a qualidade da vida nocturna e as despesas de alojamento nas capitais europeias. O estudo avaliou principalmente a quantidade de estabelecimentos de vida nocturna mais bem classificados em cada capital, especificamente aqueles com uma classificação de quatro estrelas ou superior no TripAdvisor. Além disso, o custo do alojamento foi avaliado com base na ocupação dupla de um quarto individual.

As 10 melhores capitais europeias para escapadelas de fim de semana
Capital Número de locais com classificação de 4 e 5 estrelas para a vida nocturna Custo do alojamento por pessoa (€)
Londres 854 116,9
Praga 418 58,9
Sófia 112 41,9
Skopje 20 38,1
Tirana 61 40,6
Bucareste 109 45,0
Belgrado 133 46,8
Varsóvia 99 45,6
Berlim 375 76,3
Sarajevo 29 42,5

Londres destaca-se como a melhor opção de escapadela de fim de semana na Europa, quando comparada com outras capitais. Com uma selecção notável de 854 bares, discotecas e pubs bem conceituados, a capital do Reino Unido oferece muitas opções para uma saída à noite. É importante ter em conta que a cidade é a quinta capital europeia mais cara em termos de alojamento, com um preço médio de 116,9 euros por pessoa para uma estadia de uma noite. No entanto, a inigualável variedade de actividades disponíveis na cidade compensa as despesas mais elevadas dos hotéis.

Praga, conhecida pela sua variedade de cervejas aclamadas, ocupa o segundo lugar. Com preços de hotel a metade do preço de Londres, a capital da República Checa oferece uma selecção de 418 estabelecimentos de vida nocturna muito bem  cotados, de acordo com as avaliações dos visitantes.

A Bulgária, conhecida por ser um destino de verão popular, também possui uma capital cativante que atrai muitos turistas. Sófia oferece aos visitantes uma vasta selecção de 112 bares e discotecas com as melhores classificações, todos eles premiados com quatro estrelas ou mais. Além disso, o alojamento é bastante acessível, com os hotéis a cobrarem apenas 41,9 euros por pessoa por uma única noite de estadia.

Skopje (Macedónia do Norte), Tirana (Albânia), Bucareste (Roménia), Belgrado (Sérvia), Varsóvia (Polónia), Berlim (Alemanha) e Sarajevo (Bósnia e Herzegovina) compõem a lista dos dez melhores destinos de fim de semana, com uma combinação favorável de vida nocturna vibrante e opções de alojamento.

Skopje (Macedónia do Norte) ocupa o primeiro lugar na lista das capitais mais acessíveis para passar um fim de semana prolongado este ano, com uma despesa média de hotel de apenas 38,1 euros por pessoa. Tirana (Albânia) e Sófia (Bulgária) vêm logo atrás, com custos médios de alojamento de 40,6 euros e 41,9 euros por pessoa, respectivamente.

O estudo indicou Berna (Suíça), Reiquiavique (Islândia) e Valeta (Malta) como as capitais europeias menos desejadas para umas férias curtas. Berna é cara (€139,8 por pessoa) e tem o menor número de lugares bem cotados para ficar, o que a torna a última escolha para uma escapadela numa cidade na Europa. Reykjavik tem uma boa seleção de bares e discotecas (41 no total), mas os hotéis podem ser caros, com uma média de 122,1 euros para uma viagem de fim de semana. Valletta, a encantadora capital de Malta, tem apenas sete estabelecimentos de vida nocturna bem classificados e um custo elevado de 99,8 euros por uma noite de hotel por pessoa, o que a torna menos do que ideal para uma típica escapadela de fim de semana na cidade.

O estudo indicou Berna (Suíça), Reiquiavique (Islândia) e Valeta (Malta) como as capitais europeias menos desejáveis para umas férias curtas. Berna é cara (139,8 euros por pessoa) e tem o menor número de lugares bem classificados para ficar, o que a torna a última escolha para uma escapadela citadina na Europa. Reykjavik tem uma boa selecção de bares e discotecas (41 no total), mas os hotéis podem ser caros, com uma média de 122,1 euros para uma viagem de fim de semana. Valletta, a encantadora capital de Malta, tem apenas sete estabelecimentos de vida nocturna com a melhor classificação e um custo elevado de 99,8 euros por uma noite de hotel por pessoa, o que a torna menos do que ideal para uma típica escapadela de fim de semana na cidade.

De acordo com os analistas do estudo, o seu objectivo era identificar destinos europeus que podem não ser escolhas imediatamente óbvias para escapadelas de fim de semana. Surpreendentemente, cidades como Skopje, Tirana e Sarajevo surgiram como opções que oferecem uma combinação desejável de vida nocturna vibrante e alojamento acessível. Além disso, cidades menos conhecidas, como Vilnius, Riga e Chisinau, foram reveladas como jóias escondidas fora do caminho batido.

Os especialistas acreditam que estas conclusões fornecem informações valiosas para as pessoas que planeiam as suas férias de 2024 com o seu parceiro ou melhor amigo. Explorando uma capital rica em história e desfrutando de uma noite excitante, é possível ter uma escapadela de fim de semana completa e económica.

 

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade