Na BTL Dão Lafões dará destaque ao Turismo de Natureza e termalismo

por: António Manuel Teixeira
Na BTL Dão Lafões dará destaque ao Turismo de Natureza e termalismo
CIM Dão Lafões

A proposta do stand de Viseu Dão Lafões, tecnologicamente inovador, destaca-se por uma abordagem que dá a conhecer as diversas experiências sensoriais disponíveis na região.

O foco estratégico deste ano recai sobre o turismo de experiências, abrangendo desde a gastronomia, o enoturismo e as experiências de bem-estar, até ao turismo de natureza e ao turismo ativo e desportivo, com destaque para as Ecopistas do Dão e Vouga.

Um momento de gastronomia regional com o Chef Diogo Rocha, único chef com Estrela Michelin na região Centro de Portugal, é um dos pontos altos da participação, acontecendo logo no primeiro dia, entre as 17:45 e as 19:00. O chef terá a acompanhá-lo Gustavo Reinas, o mais jovem vencedor de sempre do concurso de talentos “The Voice Portugal”, enquanto um barman estará a fazer cocktails com Vinho do Dão, numa interação que vai gerar uma dinâmica muito positiva no espaço Viseu Dão Lafões.

Visitantes ganham experiências

Durante os cinco dias de feira, os visitantes do stand de Viseu Dão Lafões vão poder participar em jogos e passatempos, que têm como prémio fantásticas experiências sensoriais na região. Desta forma, os vencedores terão a possibilidade de usufruir do melhor do território, seja em experiências de restauração, alojamento, saúde e bem-estar ou espetáculos. No total, serão oferecidas, pelos municípios, mais de 300 experiências aos vencedores.

Mas há mais experiências previstas. No final da programação dos dias 01 e 02 de Março, o stand vai transformar-se num espaço de convívio e animação, com o DJ Pira (Bruno Pais) e o barman premiado Daniel Roberto a oferecerem música, acompanhada de cocktails, para terminar o dia da melhor forma.

Uma estratégia conjunta

Na apresentação da estratégia, Fernando Ruas, Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, enalteceu o trabalho feito: As Comunidades Intermunicipais são uma figura relativamente recente e é do trabalho que desenvolvem que resulta a sua afirmação. Nós temos uma gastronomia variada, mas temos também tudo aquilo que pode ser importante para convencer as pessoas a visitar-nos. Temos, como nenhuma outra região, termas em todos os municípios; temos produtos de natureza como poucos; e temos esse produto icónico, que é o nosso vinho”, descreveu.

Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões afirmou: “A diferenciação e diversidade do nosso território, são os nossos principais atributos e esse tem sido o trabalho da CIM, que tem sido feito de uma forma estratégica e operacional com os 14 municípios, com o Turismo Centro de Portugal, com a agência de promoção externa, mas fundamentalmente também com os nossos empresários, no alojamento, na restauração ou no turismo activo”.

A diversidade de oferta a nível do Turismo de Natureza é um dos pilares da estratégia na BTL: A CIM tem vindo a fazer uma aposta muito forte num produto compósito de turismo de natureza, nomeadamente na rede de percursos pedestres, nos circuitos de trail e BTT, na Ecopista do Dão e agora, desde Outubro, também na Ecopista do Vouga. Os visitantes do stand vão poder conhecer o que está a ser feito a este nível”.  A estratégia passa também por promover a oferta em outros produtos turísticos. “A região vale 50% do país na oferta de termalismo, pelo que a saúde e o bem-estar serão, obviamente, alvo de activação, assim como o Turismo Cultural e de Património". O certame é uma oportunidade para se apresentarem eventos diferenciadores e que têm capacidade de atracção capacidade regional e nacional, como "a Feira de São Mateus, a Feira do Vinho do Dão, a Feira dos Santos ou o Caramulo Motorfestival, entre muitos outros”, adiantou Nuno Martinho.

Fundamental é também o produto Gastronomia e Vinhos. Na apresentação, Diogo Rocha descreveu o conceito do momento de Gastronomia que vai acontecer no primeiro dia. Vamos criar um menu de degustação com produtos da região que despertam os cinco sentidos essenciais do paladar: a acidez, o amargo, o doce, o salgado e o umami. A selecção dos produtos é que foi muito difícil, porque nós temos muita coisa boa neste território. O Gustavo Reinas foi desafiado para cozinhar comigo, com a inspiração a surgir de pratos da sua infância, sublinhou o Chef.

Esta é uma região muito importante e da qual eu tenho um grande orgulho, pelo que agradeço esta oportunidade. Eu não cozinho como o chef Diogo, mas posso animar-vos durante algum tempo na BTL e continuar a defender a minha terra”, disse por sua vez Gustavo Reinas.

 

Um stand que é uma experiência

O stand da CIM Viseu Dão Lafões é em si mesmo uma experiência inovadora, que captura a alma da região, deixando uma impressão duradoura em cada visitante. Situado no Pavilhão 2, num ponto de passagem privilegiado da feira, o espaço celebra de forma vibrante e imersiva a riqueza cultural, natural e gastronómica deste território único.

O stand apresentará uma programação recheada de momentos de interesse para os visitantes, tendo como base a diversidade de produtos e valências turísticas dos 14 municípios da CIM. Não faltarão, como sempre, momentos de degustação gastronómica de sabores regionais e apresentações e provas de vinhos do Dão, da responsabilidade de escolas profissionais, das confrarias gastronómicas e de restaurantes do território, assim como a oferta de brindes promocionais aos visitantes.

A exibição do documentário premiado sobre a Rota do Megalitismo da região, a apresentação da segunda edição da iniciativa “Viseu Dão Lafões Pé ante Pé”, o lançamento da marca do projecto Aldeias da Serra do Caramulo e o Enoturismo no Dão são outras activações que merecem grande destaque.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade