Na BTL todas as regiões de Portugal estão representadas e oferecem um pouco de si

por: Leonor Maltez

A BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa) começou a 28 de Fevereiro e contou com a presença de centenas de expositores que trazem até aos visitantes sabores, rotas, novidades, tradições e, acima de tudo, o melhor do turismo.

Dália Palma, Gestora Coordenadora da Bolsa de Turismo de Lisboa, afirma que “A BTL é mais do que uma feira; é um ponto de encontro onde a indústria do turismo se reúne para partilhar ideias, tendências e oportunidades de negócios.”

 

Todas as regiões de Portugal estão representadas e oferecem um pouco de si.

O distrito da Guarda iniciou com a abertura do seu stand com um momento marcado por discursos e degustações.

O vereador do Turismo, Rui Melo, garante que “Os passadiços do Mondego é o mais conhecido mas toda a oferta que apresentamos vela a pena visitar. O património histórico e cultural é rico e a não perder”.

 

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo apresentou novas ofertas: um novo caminho de Fátima, assim como um itinerário que permite chegar à cidade santa a partir da Sertã, Tomar e Abrantes.

A Rota dos Templários viu divulgada uma nova oferta turística que abrange os municípios de Abrantes, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sertã, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

O Alentejo trouxe novidades à BTL e uma delas foi a apresentação de uma gama de vinhos com assinatura de Luís Leão, João Pedro Baião e o conhecido músico, António Zambujo. “Outro Sentido”, “Guia” e “Quinto” são referências a nomes de álbuns do cantor e inspiração aos nomes dos vinhos.

A diversidade, inclusão e cidadania são valores que foram sublinhados no decorrer do primeiro dia da BTL e promovidos desde sempre pela Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), que tem stand no pavilhão 01.

Neste espaço ocorreu a premiação da categoria “Praia + acessível” ganha pela Foz do Lizandro, localizada no município de Mafra. Na categoria “Festival + acessível”, o Meo Kalorama foi o projecto vencedor.

 

“A acessibilidade é um trabalho de todos nós.”, disse Nelson Nunes do INR.

Nos próximos quatro dias a FIL receberá visitantes e continuará a ser palco do maior evento turístico de Portugal, a Bolsa de Turismo de Lisboa.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade